Aves dos jardins e parques de Lisboa que ocupam ninhos artificiais

Chapim azul - São aves de pequeno porte. Uma das características mais notáveis é o padrão de cabeça, com o azul escuro, preto e risca no olho. O fundo azul-esverdeado  torna-se num azul brilhante nas asas, enquanto a parte inferior é um amarelo limão. Os machos são geralmente mais brilhantes que as fêmeas, essa diferença muitas vezes não é aparente no campo. Os jovens são mais simples do que os adultos e têm amarelo pálido, ao invés das bochechas brancas. Embora os adultos se alimentem de sementes,  precisam de encontrar abundância de lagartas e outros insectos para as crias. Os pais tendem a recolher estes por perto, em árvores e arbustos do jardim.
• Ninho pequeno furo com 25mm (ou mais)
• 1m de altura de 5m acima do solo com clara trajectória de voo à entrada
• O ninho é feito de musgo e forrado com material macio, como o cabelo.
• A postura começa entre final de Março e início de Junho. Uma ninhada.
• 7-16 ovos brancos
• 13-14 dias de incubação

Chapim-real - Semelhante ao anterior mas bem maior e mais robusto. Na cabeça tem uma mancha preta (brilhante nos machos), e o colar cervical contrasta com as bochechas brancas. O dorso é verde e vai ficando cinzento-azulado no dorso, cauda e nas asas. A parte inferior é amarelo-limão, com uma faixa central em preto por baixo da garganta. Esta faixa é mais ampla e mais fortemente desenvolvida nos machos do que nas fêmeas.
• Ninho pequeno furo com 25mm (ou mais)
• 4m de altura
• O ninho é feito de musgo e forrado com material macio,
• A postura começa entre final de Março e início de Junho. Uma ninhada.
• 6-9 ovos brancos
• 14-16 dias de incubação



Chapim carvoeiro - São ligeiramente menores do que o Chapim azul, com dorso verde-oliveira . Têm um padrão característico de cabeça, com um babete preto, rosto branco e uma capa preta que se estende até a base do pescoço. No meio desta capa preta,  logo abaixo do topo da cabeça  tem uma mancha rectangular branca, de modo que este é uma espécie que em visão traseira pode ajudar na identificação. As chamadas do Carvoeiro são um pouco como uma versão de convivência mais agudas do Chapim-real, com um "tsee-tsee tsee 'e uma música de base de" teachoo-teachoo-teachoo "repetido várias vezes . O Carvoeiro usará as caixas-ninho, mas perdem na concorrência com a o Chapim azul ou o Real e prefere as caixas colocadas mais em baixo(ou menos 1m do chão).
• Ninho pequeno furo com 25mm
• O ninho é feito de musgo e forrado com material macio, como o cabelo.
• A postura começa entre final de Março e final de Junho. Às vezes duas ninhadas.
• 7-11 ovos brancos
• 13-14 dias de incubação


Pardais - São bastante fáceis identificar e praticamente conhecidos por todos. Tem uma coroa de característico vermelho-acastanhada, manchas brancas nas laterais da cabeça e uma mancha preta. Aves juvenis são similares na aparência aos adultos, mas são mais discretas na cor escura . Ocupam prontamente as caixas-ninho e sugere-se que dois ou mais conjuntos de caixas sejam colocados, de modo a que as aves possam criar colónias.
• Ninho com 28 milímetros furo.
• Altura mais de 2m acima do solo
• O ninho é uma estrutura de feito de ervas, forrado com penas.
• A postura começa entre Abril e Agosto. Duas ou três ninhadas. • 4-6 ovos. Branco com manchas castanhas.
• Incubação 12 a 14 dias

Trepadeira azul - É bastante fácil de reconhecer. Tem cor cinzento-azulado acima, rosa suave  por baixo e tem um bico proeminente preto, riscas na cabeça brancas e escuras. São aves ocupadas e ágeis, normalmente observadas percorrendo um tronco de árvore à procura de alimento. Se vir um par de pássaros juntos, pode ser capaz de fazer as distinção do castanho avermelhado acrescido nos flancos do macho, apenas sob a asa.  Quando as caixas ninho são usadas, colocam geralmente lama ao redor do orifício de entrada e as caixas devem ser abertos com cuidado.
• Ninho pequeno com furo 32 milímetros .
• Altura superior a 3m do solo com trajectória de entrada
• O chão é forrado com lascas de madeira e folhas.
• A postura começa entre Abril e meados de Junho. Ocasionalmente, duas ninhadas.
• 6-9 ovos. Branco .
• 14-15 dias de incubação

Pisco Rabiruivo - O macho tem uma garganta  e pescoço pretos, uma sobrancelha branca e barriga avermelhada. As fêmeas são mais discretas, mas a cauda avermelhada é um bom recurso de diagnóstico. Estes migrantes Africanos chegam a Portugal em Abril, preferindo habitat de floresta aberta, geralmente nas matas de folhosas. Embora ocupem os ninhos têm  requisitos que variam em diferentes partes do país.
• Caixa de 1m a 3m acima do solo
• O ninho é feito de ervas, cascas, raízes e musgo e forrada com pêlos e penas.
• A postura começa entre meados de Abril e meados de Julho. Uma ou duas ninhadas.
• 5-7 ovos. Luz azul.
• 13-14 dias de incubação
•Crias começam a voar aos 14-16 dias.

Papa moscas - Os machos são aves inteligentes em preto e branco, aproximadamente do tamanho de Piscos. As fêmeas parecem semelhantes, mas o castanho substitui o preto. Estes migrantes Africanos chegam de volta em Abril, tendo a sua residência em floresta aberta. São grandes caçadores de insectos.
• Ninho pequeno com furo 28 milímetros
• Altura 2m, 4m acima do solo
• O ninho é feito de folhas, casca de árvores, musgos e líquenes e forrado com material macio, como pêlos, penas e lã.
• A postura começa entre final de Abril e meados de Julho. Uma ninhada. • 5-8 ovos azul pálido
• 12-13 dias de incubação
• Crias começam a voar aos 14-16 dias.

Pisco de peito ruivo - É imediatamente reconhecível tornando esta espécie um dos mais simples de identificar. Os juvenis não têm o pieto vermelho mas começa a aparecer no final do verão, mas mesmo em plumagem juvenil, a forma redonda, pernas longas e posturas de cabeça inclinada são caracteristicas. Tem uma canção muito melodiosa e musical. Sendo territorial, durante todo o ano pode ser ouvido, e com frequência até durante a noite, impulsionada pela iluminação pública. Gostam do ninho escondido, por isso um local ideal para uma caixa pode ser preso a uma cerca, que tenha trepadeiras crescendo.
• pequena caixa alta com fenda na frente - 100 milímetros na frente
• O ninho é feito de folhas, capim e musgo, forrada com raízes ou pêlos
• A postura começa entre meados de Abril e meados de Agosto. ninhadas de 2 ou 3.
• 5-7 ovos. Branca com pintas variável
• 12-14 dias de incubação



Estorninho - Enquanto a cabeça e o tamanho do corpo é próxima à de um Melro, a aparência é de uma ave mais movimentada, barulhenta e muitas vezes volúvel. À distância, os adultos aparecem pretos, mas na visualização mais detalhada o brilho metálico torna-se evidente. Os jovens são em castanho mais discreto, muitas vezes com uma garganta pálida. É possível saber o sexo de dois adultos de um casal reprodutor. Os estorninhos comem grande quantidade de insectos nas zonas de reprodução mas no inverno alimentam-se sobretudo de bagas e sementes
• Médio ninho com 45 milímetros furo.
• Altura de pelo menos 2,5 m acima do solo
• O ninho é feito de um amontoado de material vegetal, forrado com penas, musgo e lã.
• A postura começa entre Abril e meados de Junho. Uma ou duas ninhadas.
• 4-7 ovos. Brilho azul.
• 12-14 dias de incubação

Pica-pau malhado-grande - São aproximadamente do mesmo tamanho de Estorninhos. São aves comuns de parques e bosques, mas muitas vezes também em jardins. Os juvenis têm a testa vermelha que é substituídos por negro na muda no Outono. Os machos adultos têm uma nuca vermelha, mas as fêmeas não têm vermelho em sua cabeça em tudo e todas essas diferenças na plumagem são fáceis de ver. Apesar de atraente, pode tornar-se impopular por fazer furos em caixas-ninho e em postes de telefone. Para levá-los a usar ninhos será importante colocar um pedaço de madeira macia por dentro, para que possam escavar uma cavidade do ninho por si próprios. O macho fica no ninho durante a noite e uma fêmea pode muito bem usar um quase-caixa ninho para alojar-se dentro
• Médio porte, com caixa de  furo 50 milímetros.
• Altura de 3m a 5m acima do solo
• Nenhum ninho é feito.
• A postura começa entre final de Abril e meados de Junho.
• 4-7 ovos. Branco
• 12-18 dias de incubação


Mocho Galego - É das menores rapinas nocturnas, não sendo maior do que um Estorninho emcomprimento. A melhor época para o ver é no crepúsculo. São aves de quintas, comendo imensos vermes e insectos, que caçam eficientemente. Fazem os ninhos em buracos de árvores, em casas de pedra ou rochas e por vezes no solo, em tocas de coelho. Ocasionalmente ocupam um grande ninho, mas são mais propensos a ser atraídos para ninhos especiais .
• Grande ninho com um orifício de entrada
• Nenhum ninho feito
• A postura começa entre Abril e Maio.
• 3-4 ovos. Branco
• 29-31 dias de incubação


Peneireiro de dorso malhado - A visão mais comum de um Peneireiro é de uma ave pairando. Este é um falcão atraente, a fêmea é castanho avermelhada com faixas pretas nas asas e nas partes superiores e tem uma cauda escura, enquanto que o macho tem uma cabeça cinzenta. Ocupam facilmente ninhos, que devem ser instaladas pelo menos a cinco metros do chão, com uma clara trajectória de voo para entrada e saída. Nidificam em áreas urbanas, bem como em campo aberto. Nas cidades, as caixas podem ser colocadas nos lados dos edifícios.
• Ninho de grande porte com abertura frontal.
• Altura de pelo menos 5m acima do solo com a trajectória clara de entrada
• Nenhum ninho é construído, mas restos de presas se acumulam ao longo dos anos.
• A postura começa entre Abril e início de Julho. Uma ninhada.
• 4-5 ovos. Branco salpicos castanho-avermelhados
• 27-29 dias de incubação

Coruja do Mato - São razoavelmente grandes, de cor castanha com olhos negros. Durante o dia, eles tendem a permanecer camufladas contra um tronco de árvore e são ocasionalmente incomodadas por pássaros irritados. Durante as noites de inverno pode ser ouvida  com o caracteristico "uuuuhhhuuu", juntamente com um "keewik 'estridente. As caixas devem ser instaladas pelo menos 2,5 metros acima do solo. As Corujas precisam de uma clara trajectória de voo dentro e fora da caixa e no silêncio, colocadas em locais calmos e isolados. Pode ser perigoso aproximar-se do que deve ser também em em floresta ou bem-arborizados jardins suburbanos. 
• Ninho de grande porte com 150 milímetros furo ou uma chaminé.
• Altura de pelo menos 2,5 m acima do solo.
• Nenhum ninho é feito
• A postura inicia-se entre o início de Março e Maio. Uma ninhada
• 2-5 ovos. ovos brancos.
• 28-30 dias de incubação
Coruja das Torres - São aves são muito distintas. Convenientemente, alimentam-se ao amanhecer e entardecer, bem como durante a noite, em busca de roedores proporcionando grandes oportunidades para alguns momentos mágicosde obesrvação . Apesar que a descrição clássica seria "castanho ocre por cima e branco por baixo, há variação na plumagem, com algumas aves quase totalmente brancas. A sua cor clara, hábitos crepusculares e grito arrepiante deram-lhe alguma má reputação por se assemelharem á ideia de fantasma, sendo no entanto grande amigo do agricultor pela enorme quantidade de ratos que consomem.
• Ninho Especial. • Altura de pelo menos 4 m acima do solo.
• Nenhum ninho é feito
• A postura inicia-se entre o início de Março e meados de Setembro. 1 ou 2 ninhadas.
• 4-7 ovos.
• 32-34 dias de incubação



Duvidas sobre o assunto ou tipos especiais de caixas ninho, contactem-nos que podemos satisfazer os pedidos

1 comentário:

Manoel Fernandes disse...

Há alguns anos, vi um documentário exibido pela TV Cultura, sobre a inteligência dos chapins. Nesse vídeo, pássaros resolviam quebra-cabeças feitos com recipientes de plástico transparente, onde haviam grãos, canos e obstáculos feitos com palitos de fósforo, barbantes e botões, que eles iam tirando e apertando em sequencia até liberar os grãos. Alguém poderia informar onde eu poderia achar esse vídeo para baixar ?